Gustavo Klug

Blog homenagem

Sobre o Gustavo

Meu nome é Gustavo Klug, nasci em 07 de dezembro de 1983 em São Paulo.

_________________________________________________________________

GUSTAVO KLUG

Nasceu aos 07 de dezembro do ano de 1983, na cidade de São Paulo/SP, e viveu os seus 20 anos de vida na Rua Amorim Castro, 200 – Butantã, onde sempre foi admirado pelos vizinhos e amigos.

Filho de Valter Klug, Escrivão de Polícia atuando no DENARC, e de Maria Lucia Varella Klug, professora da Prefeitura do Município de São Paulo, onde se aposentou após 26 anos lecionando para uma infinidade de jovens, que ainda hoje a reconhecem no bairro. Seu irmão, Valter Klug Filho, com apenas 23 anos de idade já é Diretor de Arte de uma grande agência de Publicidade.

Iniciou sua vida estudantil na Escola Municipal de Educação Infantil – EMEI Antonio Bento, onde freqüentou dos 4 aos 7 anos.

Conseguiu uma bolsa de estudos no Colégio Visconde de Porto Seguro, conseguida através da bondade de sua Diretora Da. Wilma, e também graças ao seu irmão Valter, um ótimo aluno que já estudava neste colégio há dois anos. Gustavo estudou da 1ª à 8ª série. Além de nunca ter repetido nenhum ano, destacou-se nas competições esportivas, conquistando diversas medalhas.

Ainda durante esta fase de sua vida, participou do Projeto USP/XEROX na Cidade Universitária, modalidade judô. Nos períodos de férias, jogava futebol de campo e salão no Grêmio Esportivo da empresa RIGESA, na cidade de Valinhos, onde até hoje tem centenas de amigos. Pela suas habilidades, participou da Copa Menor, representando o time oficial de Valinhos, obtendo o vice-campeonato.

Era membro ativo do grupo de jovens da nossa Igreja Evangélica de Confissão Luterana / Distrito de Valinhos e Campinas, assim como na Capital, ligado ao grupo de jovens da Paróquia Centro – Av. Rio Branco, 34. O site na internet da Igreja Luterana foi idealizado e confeccionado por ele, estando até hoje acessível a todos ( http://www.igrejamartinluther.org.br).

Com muito estudo e força de vontade, conseguiu sua aprovação no “vestibulinho”, ingressando no curso de Eletrônica do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, um dos mais concorridos. Foram três anos de esforços e dedicação. Saia de casa as 06h00, retornando somente as 20h30.

Com 18 anos, realizou o seu estágio de eletrônica na Escola Politécnica da USP, participando do projeto “Nariz Eletrônico”, fazendo as leituras e registros dos equipamentos de acesso restrito no Laboratório de Micro-Eletrônica. Aprovado no estágio, obteve o registro de seu diploma de Técnico em Eletrônica no C.R.E.A.

No ano de 2002, despertou no Gustavo o desejo de seguir uma carreira militar. Conseguiu uma bolsa parcial no Cursinho Feres, onde investiu praticamente todo o seu tempo, inclusive vários finais de semana. Foi aprovado na Escola Naval, Escola Preparatória de Cadetes do Ar – EPCAR, Escola de Sargentos Especialistas da Aeronáutica e também na Academia da Força Aérea – AFA, tendo optado por esta, na carreira de Oficial Aviador.

Iniciou o primeiro ano em 2003. Após um breve treinamento, entrou pela primeira vez em um avião. Foi um Hércules da Força Aérea para saltar de para-quedas, demonstrando muita coragem e habilidade. Com seu jeito simpático, alegre, cativante, fez centenas de amigos. Foi admitido no time de futebol, passando a ser considerado como Cadete-Atleta. Em razão de suas ótimas notas e pelo seu comportamento, recebeu a Medalha do Mérito Militar.

Terça-feira, 31 de agosto de 2004, por volta das 14h00. Gustavo Klug estava em um avião T-25, realizando um vôo solo de manobras e acrobacias, quando foi chamado por Deus. O seu pequeno avião de treinamento chocou-se no ar com outro idêntico, pilotado pelo Cadete Aviador Diogo Balonecker, com apenas 21 anos, que o acompanhou ao Céu.

Morreu fazendo o que mais gostava: voando. Rápido, como sempre fez tudo na sua curta existência.

Foi enterrado na campa da família, no Cemitério da Paz, no Morumbi. Recebeu da Força Aérea todas as Honras Militares de Herói, com salva de tiros e toque de silêncio, sendo o seu caixão coberto com a Bandeira Brasileira, que ele tanto amava.

Foi velado por centenas de amigos e parentes, jovens, adultos, enfim, todos os que tiveram o privilégio de conhecê-lo. Amigos do Colégio Visconde de Porto Seguro, do Liceu de Artes e Ofícios, do Cursinho Preparatório Feres, por seus amigos de infância, e por centenas de Cadetes, seus amigos mais recentes.

Merece que o seu nome e suas obras jamais sejam esquecidos.

Viveu entre nós por apenas vinte anos, mas realizou muito, com os dons que recebeu. É um exemplo de força de vontade, dedicação, amizade, respeito, de amor à família, a Deus e à Pátria.

A família

Ensaio da banda Cobras Peçonhentas, da qual faziam parte eu, meu irmão, o Filipe e a Adriana (nossos vizinhos).

Eu e minha querida viola…

Anúncios

7 Comentários»

  kellen wrote @

Não tive o prazer de conhece-lo pessoalmente mas meus amigos de trabalho sempre me disseram que ele era um cara incrível e de muitos valores. Que Deus esteja sempre ao seu lado e ao lado de sua familia.

  Cristina Rodrigues wrote @

Moro em Casa Branca onde Gustavo recebeu uma singela homenagem e por isso quis saber mais sobre sua vida….Realmente mais um anjinho que Deus emprestou a familia de vocês,pena q a estadia dele tenha sido tão curta na Terra..Parabéns pela linda família e que ele esteja em paz….

  Maira wrote @

estudo em um colégio tecnico em pirassununga sp chamado ‘tenente aviador gustavo klug’ e tive curiosidade em saber quem era, parabéns a família pelo website!
Que Deus abençoe

  pablo77 wrote @

OLHA MUITO TRISTE
MUITOS JOVENS SE FORAM
EM 2003 UM T-27 CAIU E MATOU UM CADETE
EM 2007 UM A-29 CAIU E O PILOTO EJETOU MAS O PÁRAQUEDAS NÃO ABRIU
COM 25 ANOS

  luciane wrote @

as pessoas boas Deus recolhe com uma rosa para perfumar seu jardim no céu

  Jeferson Nicholas Couto wrote @

Conheci o Gu e o Valtinho aqui perto da minha casa na quadra do São jorge em Valinhos.
Não sabia do ocorrido, meus sinceros sentimentos à família.
Um grande abraço à todos!

  André wrote @

Me chamo André Rodrigues, fui amigo do Gustavo na infância durante os oitos anos de estudo no colégio Visconde de Porto Seguro. Perdemos 100% de contato após nossa formatura, mas nunca esqueci do amigo que Gustavo era, e fiquei chocado ao saber que ele se fora!
Vivi anos no exterior, e lamento muito por nunca ter mantido o contato.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: